O DESBRAVADOR

           Colosso de Rondes? Estátua da Liberdade? Que nada! Aqui o negócio e O Desbravador!

Certamente o mais icônico simbolo da cidade (há controvérsias se comparada à Chape), além de uma grande obra.

          O monumento “O Desbravador” foi idealizado pelo fotógrafo Vitorino Zolet (dono do maior acervo fotográfico da terrinha) e criado pelo artista plástico Paulo de Siqueira. Foi criado com o objetivo de homenagear os primeiros colonizadores que desbravaram e construíram a cidade de Chapecó.

          Inaugurado em 25 de agosto de 1981 (aniversário de 64 anos da cidade), O Desbravador teve o seu nascimento associado à fundação de Chapecó.  A figura é de um gaúcho que na mão direita segura um machado no qual simboliza o trabalho e na mão esquerda um louro, simbolizando a vitória e as conquista das terras.

Sua localização pode estar relacionada à história do município, visto que está situado próximo a praça cujo nome homenageia o coronel que foi considerado um colonizador - Praça Coronel Bertaso.

Feito de ferro, aço e concreto, o monumento levou três meses para ser construído e pesa aproximadamente 9 toneladas, mede 14m de altura e 5,75m de largura.

          Na base do monumento (na parte posterior) há o Memorial Paulo de Siqueira, onde encontra-se em exposição algumas artes do artista e mais detalhes sobre sua vida e obra.

          

📌 Na área externa do monumento "O Desbravador "podemos encontrar "QR Codes" que dá acesso a links com informações mais detalhadas tanto do Artista quanto do Monumento.

Informações:

Onde: Avenida Getúlio Vargas, Centro

Quando: Todos os dias 

Valor: R$ 0,00

Texto: J.T. | Descubra Chapecó

Fonte: Museu Paulo de Siqueira