RIO URUGUAI

           O Rio Uruguai, o "Nosso Rio", está localizado na região Sul da América do Sul.

Sua nascente é na *Serra Geral (mais especificamente na divisa entre os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

É formado pela junção das águas dos Rios Canoas e Pelotas, sendo no rio Pelotas (cerca de 65 quilômetros a oeste da costa do Oceano Atlântico) a sua nascente. Porém, é somente após receber as águas do Rio Canoas que passa ele passa a ser de fato Rio Uruguai.

          Após a junção dos Rios, ele segue sendo fronteira entre o Brasil e Argentina, até receber o rio Quaraí, afluente da margem esquerda que atua como fronteira entre o Brasil e o Uruguai. A partir da desembocadura do Quaraí, o Uruguai segue para o sul até a localidade de Nueva Palmira, onde desagua no rio da Prata (A foz do rio Uruguai é no Rio da Prata).

          O Rio Uruguai é um dos rios mais importantes na hidrografia do sul do país, servindo de fronteira entre Brasil, Argentina e Uruguai e pouquíssimos trechos nele são navegáveis.

Uruguaiana é a principal cidade gaúcha banhada por suas águas e seu nome é um termo proveniente do guarani antigo que significa "rio dos uruguás".

 

➡️ Principais Afluentes
Margem Esquerda: Rio do Peixe, Rio Chapecó, Rio Peperi-Guaçu.
Margem Direita: Rio Inhandava, Rio Apuaê, Rio Passo Fundo, Rio da Várzea, Rio Ijuí, Rio Ibicuí, Rio Quaraí, Rio Negro

 

➡️ Características e Dados Hidrográficos:

Extensão: 1.770 km

Altitude na nascente: 440 metros

Bacia Hidrográfica que pertence: Bacia do rio Uruguai

Principal cidade banhada: Uruguaiana (RS)

Países que atravessa (curso): Brasil, Uruguai e Argentina

Captação: cerca de 370.000 km²

Vazão média: 4.500 m³/s

 

A Serra Geral é uma formação rochosa que tem origem no Paraguai, corta diagonalmente o estado do Paraná, divide o litoral do interior de Santa Catarina e corta, também em sentido diagonal, o estado do Rio Grande do Sul, ingressando pela Argentina e Uruguai. As serras Catarinenses e Gaúcha são subdivisões desta cadeia.

📍 5 Usinas Hidrelétricas da bacia do Rio Uruguai:

-Usina Hidrelétrica de Campos Novos (SC):

É uma usina do Rio Canoas (um dos dois maiores afluentes do Rio Uruguai), localizada no município de Campos Novos, no estado de Santa Catarina.

Sua barragem é uma das mais altas do mundo, com 202 metros e seu comprimento é de 592 metros.
Possui três unidades geradoras, que produzem um quarto do consumo do estado de Santa Catarina.
 

-Usina hidrelétrica de Barra Grande (RS/SC):

Localiza-se entre os municípios de Anita Garibaldi (SC) e Pinhal da Serra (RS).

Essa usina foi construída no rio Pelotas, um dos dois principais afluentes do Rio Uruguai, possui três turbinas que produzem 708 MW.
 

-Usina Hidrelétrica de Machadinho (RS/SC):
Localiza-se no Rio Uruguai, na divisa dos municípios de Piratuba (SC) e Maximiliano de Almeida (RS).

Possui três unidades geradoras de 380 MW cada, totalizando uma potência instalada de 1.140 MW – o que corresponde a cerca de 37% da demanda de energia do estado de Santa Catarina ou 23% do total consumido pelo estado do Rio Grande do Sul.
 

-Usina Hidrelétrica de Itá (RS/SC):

Localiza no rio Uruguai, na divisa dos municípios de Itá, (SC) e Aratiba (RS).

Sua capacidade instalada é de 1.450 MW.

Mais aqui.

 

- Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó (SC/RS)

Está instalada no Rio Uruguai, entre os municípios de Águas de Chapecó (SC) e Alpestre (RS).

A potência instalada é de 855 MW, com 4 turbinas geradoras. A barragem tem 598 metros de extensão e 48 metros de altura. 

Mais aqui.

Texto: J.T. | Descubra Chapecó

Fonte: Wikipedia