SOBRE CHAPECÓ

          Os olhos do mundo estavam voltados à São Petersburgo, quando a Revolução Russa ateava a primeira revolução comunista da história;

          A primeira guerra mundial persistia em causar incontáveis mortes por disputa econômica e armamentista; 

          A Finlândia declarava independência, enquanto no Brasil, Tico-tico no fubá era apresentada pela primeira vez.

          Nasceu Dean Martin, Sidney Sheldon, Ella Fitzgerald e Chacrinha e em São Paulo, o Theatro São Pedro foi inaugurado

          Bem, talvez para boa parte dos “cidadãos do mundo”, estes estejam entre os mais marcantes acontecimentos de 1917.

Mas não para nós, chapecoenses!

Com o Acordo de Limites assinado entre Paraná e Santa Catarina oficializando o fim da Guerra do Contestado em 1916, Chapecó deu seus primeiros passos rumo à independência, essa oficializada em 25 de agosto de 1917.

          Planejada e bem cuidada, nossa Chapecó é só encanto. 

Foi por muito tempo conhecida como a capital Brasileira do Agronegócio, sendo este o principal responsável por seu dinamismo econômico.

Porém, esse renome foi desviado quando a nossa “menina dos olhos” (nossa Chape) conquistou a “improvável façanha” de chegar à final da Sul-Americana, tornando-se a “Queridinha do Brasil”.

Uma fatalidade então tirou o nosso sorriso, mas não nossa força e, como consequência, só aumentou o nosso amor por essa terrinha de encantos.

Com suas largas avenidas de 40 metros e seu povo receptivo e apaixonado, hoje Chapecó é exemplo para o mundo e, para nós, é nosso orgulho!

       Capital do Oeste Catarinense (ou velho oeste, para os mais “íntimos) somos a sede das principais empresas processadoras e exportadoras de carnes de suínos, aves e derivados do Brasil.

Assim como nossa economia, nossa população cresce aceleradamente (213.279 habitantes em 2017) e no quesito infraestrutura também “não ficamos para atrás”.

           Por conta do crescimento nos eventos de negócios, Chapecó conta com um setor de hospedagem bastante desenvolvido.

Com três hospitais, cinco emissoras de televisão, cinco rádios FM e duas rádios AM, oito jornais, nove revistas, mais de 140 empreendimentos gastronômicos ligados a sindicatos patronais além de mais de 21 instituições de ensino superior (entre elas, três universidades), temos atraído muitos estudantes, visitantes e empresários multissetoriais (em níveis nacional e internacional), além das opções de atrativos turísticos, belezas naturais, lazer e descanso.

 

Por fim, motivos não faltam para visitar nossa Chapecó e, com 101 anos de garra e de graça, não há dúvidas de que esse é só o começo! 💚

📍 Em 2007 recebemos o título da ALESC de "CAPITAL CATARINENSE DOS EVENTOS DE NEGÓCIOS"

Informações

Data de Fundação: 25 de agosto de 1917

População: 213.279 habitantes (2017)

Colonização: Italiana

Principais Etnias: Italianas, Alemã e Polonesa

Área: 625,60 Km2

Clima: Mesotérmico, com temperatura média entre 15ºC e 25ºC

Altitude: 670m em relação ao nível do mar

Etimologia: "De onde se avista o caminho da roça"

Localização: Região Sul do Brasil | Microrregião do Oeste Catarinense | Mesorregião Grande Fronteira do Mercosul

Distância de capitais:

Florianópolis - 550 Km
Curitiba - 470 Km
Porto Alegre - 460 Km
São Paulo - 900 Km

Principais atividades econômicas: Com reconhecimento Internacional por ser grande exportadora de produtos alimentícios industrializados de natureza animal, é considerada a Capital Latino-Americana de Produção de Aves e Centro Brasileiro de Pesquisas Agropecuárias.

📍 Mais fotos da Terrinha aqui: Pelo Centro | Pelas ruas da Terrinha| Pontos Turísticos.

Texto: J.T. | Descubra Chapecó

IMG_20181104_201122_596.jpg